Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /home/u844492264/public_html/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Taciclo Bike «
Taciclo

O Taciclo

home / noticias

 Vivo no mundo das bikes a minha vida toda, fiz minha primeira aventura de longa distância em meados da decada de 70 para inauguração da ponte do Mosqueiro em uma Bicicleta que eu mesmo montei. Com um quadro de um vizinho que havia trazido da Itália, pois ele era um ex combatente da segunda guerra e tinha servido na marinha e por isso a bike veio de navio. Um dia eu vi a velha bike lá e admirado com as suas linhas todas retas de forma clássica, sendo que o mais moderno era uma barra circular, eu imaginei que poderia ficar parecida com as fotos que eu via nas revistas, já que aqui não tinha nada desse estilo para vender nessa época. Então eu pedi para ele me vender a bike e deu certo e fiquei super feliz com essa compra.

Comecei a desmontar e depois o quadro foi todo raspado e pintado, depois de montada novamente eu consegui um guidão de ferro mais no formato curvado como os da speeds de hoje, o resto da bike era normal e inclusive não tinha marchas, mas era a coisa mais perfeita do mundo para mim.

Nessa época uma família que tinha vindo da Alemanha montar a primeira cervejaria no Pará ( Cerpasa) colocou os filhos para estudarem no colégio nazaré e lá fizemos uma amizade que dura até hoje, mesmo ele não morando mais no Brasil. Como ele tinha vindo de uma cultura onde a bicicleta já era a “onda” do momento, foi só juntar a fome com a vontade de comer. Então toda vez que ele ia de férias para casa da Avó dele na Alemanha ele trazia algumas coisas para melhorarmos as nossas bikes, visto que depois dele ver a minha, nós dois procuramos uma para ele também. Daí começou uma sequencia de pequenas viagens dessa dupla de moleques que como na época não tinhamos a violência de hoje não tinhamos medo de nada.

Essa bike nos acompanhou por muitos anos.

Vivi e acompanhei cada evolução da engenharia, primeiro saíram as de 3 marchas, depois as de 5 velocidades, depois vieram as de 10, 12, 16, 18, 21, 24 e etc, verdadeiras obras de arte da engenharia.Hoje olho as bikes na loja e fico imaginando o que teriamos feito com esses brinquedos, temos a nossa disposição as melhores bikes do mundo.